Menu Procurar

Caspa ou Couro Cabeludo Seco: sintomas, causas e tratamento

Um couro cabeludo escamoso, além de ser inconveniente e gerar constrangimento, também pode trazer sensações desconfortáveis, como aperto, coceira e ardência. Descubra as causas do couro cabeludo escamoso e como pode ajudar a reduzir os sintomas bem como evitar o seu reaparecimento.  

Caspa vs. couro cabeludo seco

No que diz respeito a caspa vs. couro cabeludo, existem diferenças essenciais que ajudarão em seu tratamento contra caspa/couro cabeludo seco. Continue a ler para descobrir as causas desses dois problemas relacionados ao couro cabelo escamoso. 

O que é caspa?

Tanto os humanos quanto os animais perdem tecidos (pele, cabelo, pelagem, penas, ...) em um processo natural chamado de descamação ou troca celular. Todos nós “perdemos” pele cujas células, minúsculas e invisíveis, que depois se perdem no ar e se tornam poeira. A caspa, no entanto, ocorre quando células de pele morta se acumulam na superfície da pele e se agrupam, formando um floco branco grande e bastante visível. Eles se descolam da pele e se instalam ao longo da fibra capilar e em seus ombros. 

O que é couro cabeludo seco?  

Da mesma maneira que nascemos com uma cor de olho ou cabelo específica, a genética também determina o nosso tipo de pele natural. Esses tipos de pele são, em geral, divididos em oleosa, sensível, mistas, normal ou seca. Esta última, a pele seca, é causada devido à incapacidade da pele de produzir sebo e óleos naturais o suficiente para mantê-la hidratada. Como resultado, a camada superior da pele resseca, ganha rachaduras e libera pequenos flocos, o que pode ser a causa da presença dos flocos de pele brancos em seu couro cabeludo e no seu cabelo. Isso pode ser notado em um couro cabeludo escamoso, seco e que gera coceiras. Por sua vez, a caspa, no geral, não causa irritação.

Caspa vs. couro cabeludo seco: sintomas similares, causas diferentes

A caspa não necessariamente ocorre devido ao seu tipo de pele. Normalmente, é diferente dos pequenos flocos brancos causados pelo ressecamento natural do couro cabeludo escamoso. Embora pele seca estar quase sempre relacionada a cabelos aparentemente secos, a caspa não está relacionada ao seu tipo de pele. Isso significa que pode ter tanto cabelo um cabelo oleoso ou um cabelo seco com um couro cabeludo escamoso. Esta é uma diferença importante pois a caspa não pode ser tratada como se faz com o couro cabeludo seco e escamoso. 

Como tratar a caspa vs. como tratar o couro cabeludo seco/ as causas do couro cabeludo escamoso

Como lidar com a caspa: Se deseja remover os flocos de caspa sem irritar sua pele, use um produto clarificador como o Shampoo Instant Clear Anti-caspa Serie Expert para problemas ligados ao couro cabeludo escamoso. Esse produto contém piritionato de zinco, que clarifica e purifica o couro cabeludo e o cabelo. O uso regular do shampoo ajuda a regular os níveis de humidade da pele bem como previne a formação de flocos visíveis. 

Como tratar as causas do couro cabeludo seco e escamoso: Trate seu couro cabeludo através de uma hidratação com o melhor shampoo para problemas de couro cabeludo seco e escamoso. Nutrifier , da coleção de cuidados capilares de Serie Expert contém glicerol e óleo de coco, a gama ideal para hidratar tanto a pele quanto a fibra capilar em si. Nutrifier Masque é reconhecido por reconstituir cabelos danificados e suavizar couros cabeludos secos. Além deste, o shampoo para couro cabeludo escamoso é também um dos favoritos. 

Outras causas do couro cabeludo escamoso e coceiras

Algumas causas da sensibilidade no couro cabeludo e sugestões de tratamentos para couro cabeludo escamoso seco. 

A dermatite seborreica ocorre em áreas do corpo que produzem bastante óleo, o que é muito como na região do couro cabeludo, da parte superior das costas e no nariz. Nas crianças, é conhecida como “crosta láctea” e pode ser desencadeada por stress, hormónios, produtos alergénicos (detergentes fortes, químicos, solventes, etc.), clima seco e certos medicamentos. Os sintomas mais comuns da dermatite seborreica são vermelhidão, excesso de oleosidade, couro cabeludo escamoso esbranquiçado/amarelado, manchas rosadas e inflamadas, e um couro cabeludo irritado e com coceira. Se tem um desses sintomas, deve consultar um médico a fim de iniciar um tratamento para couro cabelo seco e com coceira. 

Como tratar o couro cabeludo com coceiras: Se o seu couro cabeludo escamoso está a coçar devido à sensibilidade, é importante que acalme-o e retire o excesso de flocos através do melhor shampoo para couro cabeludo escamoso. Experimente o Shampoo Source Essentielle Delicate ou o Shampoo Serie Expert Sensi Balance para couro cabeludo escamoso. Ambos os shampoos são destinados a peles sensíveis suscetíveis a caspa. 

Outra causa do couro cabeludo escamoso e com coceira pode ser a psoríase, uma doença crónica autoimune causada por células de pele que se multiplicam mais rapidamente do que o normal. Como consequência, células mortas se acumulam e formam escamas avermelhadas, ressecadas e, muitas vezes, bastante dolorosas. No couro cabeludo, essas escamas podem prevenir o nascimento de cabelo, o que gera cabelos finos no entorno da região inflamada. A psoríase pode se manifestar em crises ao longo da vida. Embora não tenhamos a explicação exata da causa do problema, acredita-se que a psoríase está relacionada à genética, não sendo, portanto, infecciosa. 

Como lidar com a psoríase: o tratamento para psoríase em couro cabeludo seco e com coceira compreende medicação por via oral e aplicação tópica de pomadas feitas para aliviar a inflamação. Se detectar os sintomas da psoríase ou qualquer problema na pele, é altamente recomendado que consulte um médico dermatologista para um tratamento de couro cabeludo escamoso seco. 

Além de um conselho de um especialista, deve também adotar uma rotina de cuidados capilares de limpeza sensível para ajudar a melhorar o couro cabeludo escamoso seco e diminuir as coceiras. 

Image credit: Getty Images - Tharakorn

;